IBRO e Unesco oferecem três vagas de fellowship em science of learning para cientistas

A International Brain Research Organization (IBRO) em parceria com o escritório para educação da Organização das Nações Unidas para a educação, a ciência e a cultura (Unesco) lançaram um programa de bolsas voltadas especificamente para ciência do aprendizado. A iniciativa é parte do IBRO Science of Learning Initiative, que objetiva traduzir pesquisas de neurociência sobre aprendizado para educadores, gestores e governantes.

Estão sendo oferecidas três bolsas, que dão direito a uma estadia de três meses em um escritório na sede no programa em Genebra, Suíça, onde os escolhidos vão aprender sobre política educacional internacional, e uma ajuda de custo de 20 mil euros.

Podem se candidatar pesquisadores seniores e de meia carreira com pelo menos 10 anos de experiência prática no campo de neurociências, preferencialmente em ciência para educação. Os interessados devem se inscrever aqui e enviar uma proposta de projeto em aprendizado que faça a interface entre pesquisa e educadores, gestores e governantes.

 

 

O prazo para aplicar é até dia 17 de Junho.

Sobre o Autor

Sofia Moutinho

Jornalista carioca guiada pela curiosidade e fascinada pela ciência. Especializada na cobertura de ciência, saúde, tecnologia e meio ambiente, atuou como repórter da Ciência Hoje durante maior parte de sua carreira. Na Rede CpE, toca a assessoria de imprensa e a produção de conteúdo.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado